TRABALHADORES APROVARAM REAJUSTE EM ASSEMBLÉIA

    O SINDAUT convocou os trabalhadores da base dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio para decidir em assembleia, realizada ontem (21), sobre a Convenção Coletiva 2014/2015, sem avanços desde fevereiro por intransigência...

Home

TRABALHADORES APROVARAM REAJUSTE EM ASSEMBLÉIA

            

O SINDAUT convocou os trabalhadores da base dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio para decidir em assembleia, realizada ontem (21), sobre a Convenção Coletiva 2014/2015, sem avanços desde fevereiro por intransigência do setor patronal.

O impasse começou quando os empresários se recusaram a reajustar o salário em 10%, concordando com apenas 6,5% se refletindo ainda para o aumento do tíquete refeição.

O índice de reajuste aprovado pela categoria foi de 6,8%, reajustando o primeiro piso em R$ 875,00 e o segundo piso em R$ 910,40. Houve reajuste também para o auxílio refeição que passa a ser o mínimo de R$ 12,80 por dias trabalhados.

As demais clausulas como plano de saúde, auxilio creche e pré escolar, auxílio funeral, horas extras, estabilidade provisória, entre outras clausulas foram reajustadas e aprimoradas em favor do trabalhador.

Ficou acertado que o pagamento do reajuste, retroativo a fevereiro, deverá ser pago pelas empresas em uma parcela, podendo ser pago em duas vezes nos meses de novembro e dezembro, caso haja necessidade.

        

 Segundo o presidente do sindicato, Fernando Bandeira, o reajuste fechado para a categoria não atendeu o que o sindicato queria, mas se diz aliviado em saber que os trabalhadores não ficarão sem nenhum reajuste. A inflação do período da data base da categoria foi de 5,56%, o que representa um ganho real de 1,32%. “Temos que nos mobilizar a partir de janeiro para que no próximo ano nosso reajuste seja digno. O Sindicato a partir de agora fará visitas às empresas coletando sugestões e convocando a categoria com carro de som, para juntos, conseguirmos um melhor reajuste para o ano que vem”.

Ficou decidido que será aberto prazo de 10 dias após a homologação da convenção coletiva para opor-se à contribuição assistencial. Este ano essa contribuição se limitará a apenas R$ 20,00 do trabalhador.

23 Outubro

         Funcionários da empresa ECOSTEEL GESTÃO q...

22 Outubro

O SINDAUT convocou os trabalhadores da base dos Empregados e Agentes Autônomos do Comércio...

17 Outubro

O Globo publicou a carta do Presidente do sindicato, Fernando Bandeira...

16 Outubro

Funcionários de institutos de pesquisa, trabalhadores terceirizados e prestadores de servi...

15 Outubro

Os funcionários da Accenture do Brasil fecharam Acordo Coletivo de Trabalho com o Sindicat...