ASSINADA CCT 2019/2020

19/02/2019 - REGISTRADA A CCT 2019/2020

OPOSIÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO SOCIAL

Conforme cláusula 39ª da CCT 2019/2020 o prazo para oposição da contribuição social se dá a partir da data de registro no MTE - Ministério do Trabalho e Emprego. A CCT foi registrada no Dia 19/02/2019, inicio do prazo para oposição, com término no dia 28/02/2019 (quinta feira). O horário de atendimento é de 8:30 as 16:30. 

CLÁUSULA TRIGÉSIMA NONA - CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DOS EMPREGADOS

PARÁGRAFO PRIMEIRO - Em observância a Ordem de Serviço nº 01 MTE, de 24/03/2009, com renúncia expressa ao recebimento dos Benefícios Sociais, previstos na cláusula 38ª, fica facultado a todos os empregados o direito de oposição ao referido desconto que deverá ser manifestado pessoalmente no Sindicato, através de formulário fornecido no Sindicato, protocolado na sede ou subsede do Sindaut, até 10 (DEZ) dias após o registro da Convenção Coletiva. O mesmo prazo será concedido aos empregados admitidos e no retorno de afastamentos por motivo de doença, licenças e férias. A EMPRESA dará ciência do registro e do prazo a seus empregados.

A Nova CCT prevê reajuste salarial em 3,6%, atualizando com o mesmo percentual, todos os outros benefícios.

Os pisos salariais foram reajustados em 3,6%, no primeiro piso, passando de 1.194,00 para 1.237,00  e 5,0% no segundo piso passando de 1.237,33 para 1.300,00.

É preciso que o trabalhador esteja munido com documento oficial com foto(carteira de identidade ou carteira de trabalho). O Sindicato fornece formulário próprio para oposição dos benefícios oferecidos (R$10,00/mês). Não será aceita carta de oposição por procuração e pelos correios (sedex), 

BAIXE AQUI A CCT 2019/2020


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CLIQUE NO LINK ABAIXO E LEIA A NOVA EDIÇÃO DO JORNAL DO SINDAUT. O JORNAL DA CATEGORIA sindaut.org.br/upload/ accbaebf78ac8946768ec39f6f42bc f5.pdf LEIA NESTA EDIÇÃO Luta contra reforma da Previdência...
A medida provisória da Liberdade Econômica (MP 881/2019), que deve ser votada, nesta terça (13), na Câmara dos Deputados, retira alguns direitos dos trabalhadores, mas mesmo os que forem preservados n...
O 1º Seminário Direitos Humanos, Organização Sindical e Negociação Coletiva dia 8 de agosto no TRT teve por objetivo debater os efeitos da reforma trabalhista do governo Temer. Contou com as presenças...
O Secretário Geral da Comissão Especial de Direito Sindical da OAB-RJ, o Advogado José Agripino, que também é advogado do SINDAUT promove o 1º Seminário de Direitos Humanos, Organização Sindical e Neg...
PETROBRAS CONVIDOU SINDAUT  PARA FISCALIZAR PAGAMENTOS                        &n...