Homologação

Homologação

HOMOLOGAÇÃO GRATUITA

A assistência é devida na rescisão do contrato de trabalho firmado hé mais de 1 (um) ano, e consiste em orientar e esclarecer empregado e empregador sobre o cumprimento da lei, assim como zelar pelo efetivo pagamento das parcelas devidas.

A homologação da rescisão do contrato de trabalho deve ser assistida gratuitamente, sendo vedada a cobrança de qualquer taxa ou encargo pela prestação da assistência na rescisão contratual.

MARCAÇÃO DE HOMOLOGAÇÃO

O SINDAUT INFORMA QUE HOMOLOGAÇÃO SERÁ POR ORDEM DE CHEGADA.  


INFORMAÇÕES ÚTEIS

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA A HOMOLOGAÇÃO

Instrução Normativa SRT/MTE nº 15 de 14/07/2010

 

A assistência é obrigatória na rescisão do contrato de trabalho firmado há mais de 1 (um) ano, e consiste em orientar e esclarecer empregado e empregador sobre o cumprimento da lei, assim como zelar pelo efetivo pagamento das parcelas devidas.

A homologação da rescisão do contrato de trabalho deve ser assistida gratuitamente pelo Sindicato, sendo vedada a cobrança de qualquer taxa ou encargo pela prestação da assistência na rescisão contratual.

COMPETÊNCIA

São competentes para assistir o empregado na rescisão do contrato de trabalho:

1- O sindicato profissional da categoria; e

2 - A autoridade local do Ministério do Trabalho e Emprego.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA HOMOLOGAÇÃO:

Instrução Normativa SRT/MTE nº 15 de 14/07/2010


Apresentação da carta de preposto se funcionário da empresa: CTPS ou ficha de funcionário (original e cópia);

– Funcionário da contabilidade ou a terceiros: procuração outorgada com poderes para substabelecer (cópia do contrato social da empresa) e/ou substabelecimento com a procuração de quem substabeleceu ambas com firma reconhecida original e cópia; (art. 13 inciso 2º) e (art. 22, IX e X)

– Quando sócio da empresa: cópia do contrato social; (art. 22, IX).

– Termo de rescisão de contrato de trabalho (TRCT) com 5 (cinco) vias; (art. 22,I)

– Aviso prévio ou pedido de demissão em 3 (três) vias; (art. 22, IV).

– CTPS com a baixa assinada, carimbada e atualizada; (art. 22, II).

– A empresa deverá trazer a planilha de faltas e de horas-extras do funcionário dos últimos 12 (doze) meses; (art. 22, XIII, art. 26, III; Art.  22, VIII).

– Ficha funcional ou livro de registro de empregados atualizado; (art. 22, III).

– Exame médico demissional (expedido por médico do trabalho (2 (duas) originais e 1 (uma) cópia legível );

– Guias do seguro desemprego - 2 (duas) vias; 1 (uma) do funcionário e a outra do ministério do trabalho; (art. 22,VII);

– GRRF - (Guia), demonstrativo do trabalhador mais comprovante de pagamento do mesmo e extrato analítico do FGTS emitidos pela CEF juntamente com a chave de conectividade (1 (uma) via original e 2 (duas) cópias); (art. 22,V e VI) 

– Original do FGTS, com as 2 (duas) ultimas guias quitadas (art. 22,VI).

– Pagamento da rescisão: cheque administrativo ou em espécie, (pagamento dentro do prazo na sede do sindicato, ou por depósito bancário em conta do empregado (Cópia e original) (art. 23  1º e 2º).

– Afastamento por doença: documentação do INSS (todo período);

– Pensão: trazer comprovante de pagamento sobre rescisão e ofício do juiz.

– Trazer os carimbos para eventuais ressalvas.

 

– Horário do sindicato (das 8:00 às 17:00h)

 

Atendimento jurídico - manhã (de 8:00 às 12:00h) / tarde (de 13:00 às 17:00h)

           .   Atendimento da diretoria é de 8:30 às 17:00h

Horário da Homologação - 8:00 às 16:00

 

Observação

            Comunicamos aos Sr. Prepostos e empregados que as homologações são feitas gratuitamente, devendo a empresa comunicar ao empregado da obrigatoriedade, por parte da empresa ou do empregado, da apresentação dos documentos necessários ao ato homologatório, implicando na não homologação a falta de quaisquer desses documentos.

 

Diversos

             Código da entidade sindical: 913.005.562.87800-3 e CNPJ: 27.903.715/0001-00

             Endereço Rua André Cavalcante, nº 128 - Bairro de Fátima - RJ, tel.: 2242-1193 e 2242-1339

             CEP: 20.231-050.  E-mail: sindaut@ig.com.br      

 

OBS:. O Sindicato segue rigorosamente a Portaria MTE Nº 1620 e 1621, DE 14.07.2010 (DOU DE 15.07.2010) e Nota Técnica 184/2012 SRT/MTE de 7 de maio de 2012.

 

SINDAUT Nº 3077-2700

CAIXA ECONÔMICA Nº 0800-726-020-07

 



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ao contrário do que afirmavam os apoiadores da “reforma” trabalhista, do governo de Michel Temer, o contrato intermitente não criou “milhões de empregos” Brasil de Fato - Dados do Boletim Emprego em P...
Foi publicado no Diário oficial da União (DOU), em 14/01/20 seção 1, pag. 7, a Portaria nº 950, de 13 de janeiro de 2020, do Ministério da Economia/Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, que e...
Os trabalhadores precisam reagir para defender os seus direitos, pois o piso é muito importante para milhares de trabalhadores que não tem convenção ou acordos coletivos e portanto não possuir meios d...
Em nota técnica publicada em seu site, o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Econômicos) faz dura crítica à interrupção da “política de valorização do salário mínimo”, que vinh...
Com resultado do INPC de dezembro, reajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação INPC serve de base para correção do mínimo e, segundo IBGE, ficou em 4,48% em 2019; com isso, valor deveria chegar...